O FUTURO DA HUMANIDE - REFLEXÕES






domingo, 19 de novembro de 2017

0173-DEMOCRACIA

Tudo no mundo precisa de lugar no tempo e no espaço, pra ter sentido, ser verdadeiro, ser   útil e benéfico às pessoas as coisas e aos fatos... A Democracia não foge a essa regra. Proferida pelos quatro cantos do mundo ocidental; por todas as bocas cultas e incultas, por todas as mentes, pensantes ou não; por todos os caráteres egoístas e solidárias, honestos e desonestos, tá longe de ser esse dogma, essa coisa suprema, sagrada, intocável que pensam ser...

Plantada no mundo pela civilização grega há mais de três mil anos, foi obscurecida por mais ou menos 25 séculos de totalitarismo e domínio religioso, barbárie e torturas... Lembrada novamente pelo renascimento Italiano, só veio dar frutos e se manifestar objetivamente no mundo com o Liberalismo, após a Revolução Francesa, a pouco mais de dois séculos...

A adoção, a prática e o exercício da democracia, exige civilização, altruísmo, pensamento coletivo, responsabilidade social do modo de produção vigente, sociedade moderna, evolução tecnológica e filosófica, distribuição de rendas, trabalho, política ambiental, etc. Exige que o conceito histórico de democracia seja rigorosamente respeitado: "Forma de governo do povo, pelo povo, e para o povo". Fora de desse conceito democracia é pior que ditadura...

Um pais sem esses atributos e adjetivos, não pode ser orientado exclusivamente pela democracia desenfreada, regida exclusivamente pelo Liberalismo egoísta, pelo instinto primitivo de posse e poder do mais esperto sobre o menos esperto, do que tem mais sobre o que não tem nada, sob pena de transforma-la em ferramenta de subjugo, legitimação  e exploração de uma minoria absoluta, sobre uma maioria absoluta.

Há, portanto, a necessidade de freadas estratégicas (Stops) no decurso da história, ao avanço da ganância e da concentração de rendas, para o desenvolvimento, antropológico e histórico de um País e para o bem da paz social, sem a qual o caos se estabelece.

Historicamente, no Brasil, isto tem se comprovado. A Democracia tem sido instrumento, não de liberdade, mas, de restrição aos direitos essenciais, legitimação e polarização do poder nas mãos de políticos gananciosos, promotores da concentração de rendas, divisão de classes, aumento da pobreza, das injustiças sociais em todos os números, gêneros e graus. Taí pra todo mundo ver, o desemprego, a reforma da previdência, a instabilidade política, a insegurança jurídica, o mau funcionamento, a inoperância e a perda de credibilidade popular nas instituições públicas e, especialmente, na classe política. A Lava Jato que o diga...

Está fora do tempo e do espaço, o Absolutismo Democrático em nosso país. O tempo certo é o do "stop" democrático. O tempo certo é o da "freada" ao trem desgovernado que a ganância e o enriquecimento ilícito da classe política, em detrimento do bem estar social, transformou a Democracia, nesse espaço chamado Brasil...

Que venha a "freada", verde, branca e azul


Antonio Ferreira Rosa.

Nenhum comentário: